Silicone nos seios: o que você pode esperar do processo

Silicone nos seios: o que você pode esperar do processo

Image

Seja por questões de auto-estima ou simplesmente para garantir um contorno corporal desejado, os implantes de silicone nas mamas são incrivelmente famosos.

O procedimento pode ser ao mesmo tempo uma fonte de excitação e um tanto intimidador. Diferente de outros procedimentos, os efeitos do implante de silicone alteram a forma do corpo de uma maneira bastante visível, ainda que a paciente escolha uma prótese pequena.

É claro que a melhor opção será refletir adequadamente e escolher uma especialista preparada e experimente para realizar o procedimento.

Mas antes disso, que tal entender um pouco melhor como funciona o implante de silicone nos seios?

No artigo de hoje vamos falar um pouco sobre esse procedimento. Vamos lá?

Como é o processo de colocar silicone nos seios?

O processo ocorre em 3 fases: consulta, operação e recuperação. De fato, essas etapas são totalmente importantes para os procedimentos de cirurgia plástica. Segundo a Dra Maieve Corralo, especialista no ramo, é a conversa entre paciente e especialista, acrescida de exames de biotipo, o que permitirá um planejamento adequado para cada paciente.

Pense no processo como uma obra de arte conjunta, que resultará de seus desejos e da expertise técnica da especialista escolhida. Por isso, é muito importante escolher uma clínica respeitável para fazer o procedimento.

Na segunda fase, a operação em si, algumas incisões serão feitas abaixo dos seios, dos braços ou ao redor dos mamilos. Assim, a cirurgiã conseguirá aplicar a prótese abaixo do tecido muscular. O procedimento dura em torno de 2 horas e, sem não houverem complicações, a paciente pode ir pra casa no mesmo dia.

A terceira fase é a recuperação, um momento crucial para o resultado do procedimento. Durante os primeiros dias é importante sempre dormir de costas. Qualquer atividade física mais intensa deve ser evitada por no mínimo 1 mês depois da cirurgia. As atividades físicas normais podem ser retomadas 100% depois dois meses de recuperação.

Diferentes tipos de próteses

Existem diversos tipos de próteses de silicone, sendo que cada qual é indicada a depender do resultado esperado. Próteses arredondadas são usadas quando a ideia é manter bem o formato circular do seio. As próteses podem ser também anatômicas, em formato de gota. Os volumes variam entre 150 e 600 ml.

É importante dizer que somente a conversa precisa entre médico e paciente pode definir qual é a melhor opção! No entanto, conhecer os cuidados e detalhes do procedimento é uma grande vantagem na hora de decidir pela cirurgia.

Dicas essenciais para recuperação da implantação de silicone nos seios

Os cuidados no pós-operatório são essenciais para o bom resultado de qualquer operação plástica. Já sabemos que é importante evitar exercícios físicos exagerados e não pegar pesos em excesso. Além disso, ao sair da operação é muito importante usar roupas adequadas, largas e confortáveis, para evitar desconforto na região dos seios.

Para aprofundar um pouco, dê uma olhada em nossas dicas de nutrição para antes e depois da cirurgia plástica.

Um centro ideal para a sua cirurgia plástica

Você quer colocar silicone nos seios? Conheça o Instituto Maieve Corralo, uma clínica interdisciplinar totalmente modernizada e localizada na beleza de Copacabana. Não tem erro!

Voltar para a listagem

Agende uma Consulta

Agendar Agora