Abdominoplastia: tudo o que você precisa saber

Abdominoplastia: tudo o que você precisa saber

Image

A abdominoplastia é um dos procedimentos de cirurgia plástica mais realizados no mundo. Trata-se da retirada do excesso de pele e gordura da região abdominal, para redução de volume e com fins estéticos.

Por ser tão comum e tão requisitada, é normal que as pessoas tenham dúvidas frequentes. De fato, é importante uma consulta com uma especialista que possa reconhecer com clareza o que é melhor para seu caso.

Ainda assim, existem fatores comuns que você pode ficar sabendo agora mesmo!

Para ajudar na sua informação sobre o tema, preparamos esse artigo com tudo o que você precisa saber sobre a abdominoplastia. Confira!

Abdominoplastia: para quem é recomendado

Muitas pessoas entram em dietas e realizam exercícios físicos com o intuito de perder peso e garantir a boa forma. No entanto, a depender de fatores biológicos e possível excesso de peso anterior, essas estratégias não são suficientes para garantir a barriguinha lisa que é o sonho de muita gente.

É aí que entra a abdominoplastia. Quando a pessoa perde muita gordura, a pele pode ficar flácida e até mesmo desanimar quem busca ficar com o corpo em forma. Além disso, nem toda a gordura que se deseja queimar some com exercícios e dietas, pois existem pontos específicos que simplesmente não irão desaparecer. Com a abdominoplastia, esse problema é resolvido.

A abdominoplastia também é recomendada para mulheres que tiveram filhos e desejam recuperar a forma anterior a gravidez. Isso porque a gravidez pode gerar excessos de pele que é esticada no período da gestação, o que incomoda mulheres.

Assim, a abdominoplastia é recomendada para quem deseja ter uma barriga reta, e já perdeu o peso necessário para isso. Ela pode ser feita tanto em homens quanto em mulheres. Recomenda-se consultar uma especialista para entender possíveis complicações.

Abdominoplastia: para quem não é recomendado

A abdominoplastia não é recomendada para todo mundo que deseja perder peso. Se a pessoa ainda precisa de exercícios e dietas e vai ter flutuações no peso, não se recomenda a abdominoplastia, pois a mudança na forma pode desestabilizar a cicatrização e a disposição dos músculos do abdome.

A abdominoplastia também não é recomendada para mulheres que desejam ainda engravidar. Isso porque o esticamento da barriga na gestação pode prejudicar as áreas que afetadas pela ação cirúrgica. O procedimento é recomendado, normalmente, para mulheres que já tiveram filhos e desejam recuperar a forma.

Outros fatores que atrapalham e impedem a abdominoplastia são tabagismo e problemas de saúde que atrapalham a cicatrização, como o diabetes. Consulte um(a) especialista para obter as informações ideais quanto ao seu caso.

Abdominoplastia e lipoaspiração, qual é a diferença?

É muito comum que pessoas fiquem frustradas ao consultar um(a) especialista em cirurgia plástica e descubra que não é possível resolver a sua situação com uma mera lipoaspiração.

A lipoaspiração é um procedimento pouco invasivo que consiste na retirada de excesso de gordura, especialmente em pacientes que já perderam peso e desejam apenas corrigir excessos que não sumiram com outras práticas. É até possível tirar uma grande quantidade de gordura com a lipoaspiração, mas isso não é recomendável pelo risco de gerar pele sensível e irregularidades no contorno corporal.

Ainda assim, a lipoaspiração não trabalha o excesso de pele ocasionado pela perda de muitos quilos e estiramento por conta da gestação. A depender do caso, é possível que o(a) especialista recomende uma lipoaspiração seguida de uma abdominoplastia.

Como é o procedimento da abdominoplastia?

É um procedimento cirúrgico que exige uma anestesia geral. A partir disso, o (a) especialista irá realizar duas incisões, na área abdominal, perto da região púbica e outra perto dos quadris.

A pele é separada dos músculos do abdome. Esses músculos serão postos em proximidade, garantindo a firmeza desejada e uma cinturinha mais fina. A partir disso, a pele separada irá ser esticada e alocada sobre os músculos firmes, permitindo a barriga reta. O excesso de pele é retirado e descartado. O umbigo é colocado de volta no lugar e as incisões são fechadas. O procedimento pode durar entre duas e cinco horas e costuma exigir internação por apenas um dia.

Depois de realizada a cirurgia, drenos são colocados no abdômen, com a função de retirar líquidos em excesso na região da cirurgia. As incisões costumam fechar totalmente, restando apenas uma única sutura, coberta com curativos.

Como é a recuperação da abdominoplastia?

No processo de recuperação da abdominoplastia é necessário, na maioria das vezes, utilizar a chamada “cinta pós-cirúrgica” que se adapta a pessoa. A recuperação pode levar entre duas semanas e dois meses, a depender do caso.

Durante o uso dos drenos (alguns dias após a cirurgia) é possível que o(a) médico(a) receite antibióticos e anticoagulantes para evitar complicações.

Os(as) pacientes devem evitar atividade física exagerada, especialmente as que exijam movimentos que forcem os músculos abdominais. O retorno ao trabalho pode ocorrer entre uma ou duas semanas, de acordo com a indicação do(a) médico(a) responsável. As atividades físicas, por sua vez, pode ser restritas por até seis semanas.

É importante que uma pessoa esteja a disposição para ajudar nos primeiros dias depois da cirurgia, e também para te levar de carro depois da cirurgia. Banhos podem ser tomados 48 horas depois da retirada dos tubos de drenagem.

É extremamente importante manter uma rotina saudável depois da cirurgia. Suplementos de vitamina A e C são recomendados. Chá verde ajuda na imunidade e fornece antioxidantes. Alimentos como abacaxi e mamão ajudam a evitar inflamações.

A possibilidade de uma mini-abdominoplastia

Para além da cirurgia de abdominoplastia convencional, é possível que uma mini-abdominoplastia seja considerada pelo(a) especialista responsável.

Essa é uma boa opção por ser uma cirurgia considerada parcial, que não exige o nível de precisão e invasão de uma abdominoplastia completa. Ela apenas trabalha no excesso de pele e gordura abaixo da região do umbigo e não envolve o seu reposicionamento.

Pesquisas na área demonstram ótimos resultados nesse tipo de cirurgia, acompanhada de procedimentos de lipoaspiração. A possibilidade de realizar esse procedimento depende da situação, porém, é uma cirurgia que exige uma cicatriz menor, menos tempo de recuperação e menos riscos e complicações.

Onde posso consultar especialistas no Rio de Janeiro?

O Instituto Maieve Corralo é um centro interdisciplinar, especializado em cirurgias plásticas. Contamos com uma equipe que envolve nutricionistas, fisioterapeutas, dermatologistas e muito mais! Quer um atendimento completo? Marque uma consulta!

Fontes:
http://www.scielo.br/pdf/rbcp/v27n3/en_21.pdf
http://www.rbcp.org.br/details/1788/en-US/abdominoplasty-with-corset-plication
https://www.verywellhealth.com/tummy-tuck-surgery-what-you-need-to-know-2709990
https://www.verywellhealth.com/how-can-i-tell-if-i-need-a-tummy-tuck-2709733

Voltar para a listagem

Agende uma Consulta

Agendar Agora