Agende sua consulta!

Queremos te ver feliz!

Procedimentos

event details
Laser vaginal
Laser vaginal: entenda sobre o procedimento que revitaliza a área íntima

O laser vaginal é uma ótima solução para diversos desconfortos que surgem na região íntima da mulher. Isso acontece principalmente porque a vagina é muito propensa a mudanças que são consequências do envelhecimento natural, do parto ou menopausa.

Aqui vamos explicar as principais informações e recomendações para quem deseja realizar o laser vaginal.

O que é o laser vaginal?

O laser vaginal, também conhecido como laser íntimo, é um procedimento simples e não invasivo, que consiste em um tratamento feito através de aplicação de laser na mucosa e na musculatura vaginal, remodelando a região.

Com o passar dos anos, a região genital feminina tende a envelhecer e perder as fibras e  elasticidade, além disso, outros fatores como menopausa e parto podem trazer alterações para esta área. Felizmente, com o avanço da medicina, estas questões podem ser resolvidas com procedimentos estéticos.

O objetivo do laser vaginal é recuperar a elasticidade e a espessura da parede vaginal, acabar com a ardência, aumentar a lubrificação, combater a dor proveniente de relações sexuais, reduzir a flacidez da vulva, rejuvenescer e vascularizar a vagina.

Sua aplicação é feita no próprio consultório médico.

Para quem é indicado o laser vaginal?

O laser vaginal é indicado para mulheres que apresentam os sintomas ou passam pelas seguintes situações específicas:

1 – Pós-parto: O parto faz com que haja uma queda dos hormônios, causando um ressecamento vaginal e atrofia da mucosa. Além disso, nesse período a mulher está mais propensa a pegar uma infecção ou sofrer uma leve incontinência urinária.
2 – Menopausa:  Com a chegada da menopausa é comum que a parede vaginal sofra alterações, ficando mais lisa, mais fina e sensível. 
Neste período também é comum a queda hormonal e, em consequência disso, a mulher pode apresentar os seguintes sintomas: falta de lubrificação, dor ou desconforto na relação sexual, queimação ao urinar e uma leve incontinência urinária.
3 – Demais casos em que a mulher apresenta os seguintes sintomas: ressecamento vaginal causado pela falta do hormônio estrogênio; atrofia ou flacidez vaginal, diminuição do prazer ou dor na relação sexual.

O laser vaginal é contraindicado para gestantes e usuárias de marcapasso.

Quanto tempo leva cada sessão?

A duração média de cada sessão é de 30 minutos. São um total de 3 sessões por mês em média, dependendo de acordo com os sintomas de cada paciente.

Quais são os pré-requisitos necessários para a aplicação do procedimento?

Os cuidados que a paciente deve ter para a realização do procedimento são: 

- Realizar os exames necessários;
- Não estar menstruada;
- Estar com a área depilada por 5 dias antes do procedimento.

Como funciona a recuperação da paciente?

A recuperação é rápida e sem dor. No mesmo dia, a paciente está liberada para voltar para sua rotina, sendo a única restrição, ficar 3 dias sem ter relações sexuais.

Os seguintes cuidados que devem ser tomados:

- Utilizar pomadas na parte externa;
- Fazer compressa com água fria.

Quanto tempo dura o resultado?

O resultado é praticamente definitivo e sua manutenção deve ser feita anualmente.

Quem procurar para a aplicação do laser vaginal?

Tenha sempre atenção a quem contratar quando realizar a aplicação do laser vaginal. O ideal é buscar por um ginecologista que realize este procedimento.

Procure saber também sobre indicações de quem já realizou o método e sobre a reputação do profissional.

No Instituto Maieve Corralo, temos ginecologistas e cirurgiões especializados em laser vaginal. Agende uma avaliação para conversamos sobre seu procedimento!

Publicado por:

Dra. Maiéve Corralo

Cirurgia Plástica

Graduada na Faculdade Federal de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, e cirurgia geral no Hospital Federal da Lagoa e cirurgia plástica no Hospital Federal dos Servidores do Estado no Rio de Janeiro.

SINTA-SE LINDA!

Valorize seu amor maior... você!