Agende sua consulta!

Queremos te ver feliz!

Procedimentos

event details
Peeling Químico
O peeling químico promove a renovação da pele, trazendo uma aparência mais saudável.

Com o passar dos anos, é comum a pele apresentar algumas imperfeições e sinais de envelhecimento, por isso os tratamentos estéticos são fundamentais para uma melhoria no visual, e consequentemente na autoestima.

A médica e cirurgiã plástica, membro da SBCP, Maiéve Corralo reuniu as principais informações, trazendo as dúvidas e recomendações para quem deseja realizar o peeling químico.


O que é peeling químico?

Peeling químico é um procedimento estético não invasivo, que consiste em aplicações de ácidos sobre a pele, com o objetivo de remover suas camadas superficiais e danificadas, para que estas deem lugar a uma nova camada de tecido mais lisa, uniforme, saudável e revitalizada.

Os resultados são rápidos e as aplicações podem ser feitas em diversas partes do corpo, sendo as mais comuns: rosto, pescoço, colo, abdômen, costas e coxa.

Os principais ácidos usados na aplicação são: ácido salicílico, solução de jessner, ácido glicólico e ácido retinóico.

Eles são eficientes no tratamento de marcas, cicatrizes, acnes, manchas de sol, rugas e linhas de expressão.


Quais são os tipos de peelings químico?

Existem três tipos de peelings químico, os quais o profissional pode indicar de acordo com o tipo de pele do paciente:

1 – Peeling químico superficial

O peeling químico superficial atua na remoção da camada mais fina da pele e, por ser mais suave, é feito em mais de uma sessão. 

O procedimento é indicado para os casos de tratamento de rugas, linhas de expressão, manchas e acnes suaves;


2 – Peeling químico médio
O peeling químico médio atua na remoção da epiderme, atingindo também um pouco da derme.

O procedimento é indicado para os casos de remoção de rugas mais profundas e acnes;


3 – Peeling químico profundo

O peeling químico profundo atua na remoção da camada mais interna da pele.

O procedimento é indicado para os casos de remoção de manchas de sol, cicatrizes, acnes, marcas de acidentes e rugas profundas.

Por atuar mais internamente, sua recuperação é um pouco mais lente que as dos demais peelings.


Para quem é indicado o procedimento?

O procedimento é indicado tanto para homens, quanto para mulheres que têm o desejo de reduzir rugas e linhas de expressão, minimizar cicatrizes e acnes, tratar manchas, estimular a produção de colágeno e, consequentemente fazer uma renovação facial.

A idade mais comum para começar a fazer o tratamnto é a partir dos 40 anos, período em que a pele começa a dar sinais de envelhecimento e apresentar algumas imperfeições, porém pode ser feito também nos jovens.

A contraindicação é para gestantes, lactantes, pessoas com pele bronzeada, com pele seca, que apresentam sensibilidade na pele ou ainda para as que estão com herpes ativa.

Os pacientes com melasma devem evitar fazer peelings médios ou profundos.


Quanto tempo leva cada sessão?

Cada sessão leva aproximadamente de 15 a 20 minutos.

No tratamento de peeling químico superficial são feitas aproximadamente 6 sessões, de acordo com cada paciente.

Já no tratamento de peeling médio e profundo, é feita uma única sessão.


Quais são os pré-requisitos necessários para o procedimento?

Alguns cuidados e recomendações que são feitas aos pacientes que irão passar por este procedimento: 

- Fazer uso dos medicamentos e cremes preparatórios indicados pelo médico;
- Evitar se expor ao sol;
- Usar protetor solar diariamente;
- No dia do procedimento não usar maquiagem, protetor solar e creme.


Como funciona a recuperação do paciente?

Nos dias seguintes ao procedimento é comum a pele ficar vermelha, sensível, com ardência e descamar.

Os efeitos vão desaparecendo de forma gradual e no mesmo dia o paciente já está liberado para voltar a sua rotina.

A sua recuperação é rápida quando é feito o tratamento de peeling superficial e leva um pouco mais de tempo para os tratamentos de peelings médio e profundo.

Para obter um melhor resultado, o paciente deve tomar os devidos cuidados e seguir às seguintes recomendações:

- Fazer uso dos cremes indicados pelo médico;
- Não se expor ao sol;
- Utilizar protetor solar facial diariamente;
- Manter a região hidratada com cremes faciais e água termal;
- Evitar cosméticos que causem ardência na pele;
- Evitar usar maquiagem;
- Não fazer depilação com cera por 15 dias;
- Não remover a pele irá soltar após o procedimento.


Em quanto tempo o resultado aparece?

O tempo em que o resultado aparece varia de acordo com cada tipo de tratamento, mas no geral já é possível vê-lo nos primeiros dias após a aplicação.


Quem procurar para a aplicação do peeling químico?

Tenha sempre atenção a quem contratar quando for realizar o peeling químico.

O ideal é buscar por um dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Procure saber também sobre indicações de quem já fez o procedimento e sobre a reputação do profissional.


Agora que você entendeu como funciona o peeling químico, agende uma consulta para conhecer nossa clínica.

Publicado por:

Dra. Maiéve Corralo

Cirurgia Plástica

Graduada na Faculdade Federal de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, e cirurgia geral no Hospital Federal da Lagoa e cirurgia plástica no Hospital Federal dos Servidores do Estado no Rio de Janeiro.

SINTA-SE LINDA!

Valorize seu amor maior... você!